Camilotti - CAMIDOOR

Você está em:

PORTAS


22 de Novembro de 2012



ESTOCAGEM E MANIPULAÇÃO
1. As portas deverão ser sempre estocadas na posição horizontal, sobre um estrado plano com no mínimo 10 cm de distância do chão.
2. O local de armazenagem não pode ser nem úmido nem seco demais, sem luz solar direta ou água. Para evitar que as portas sujem ou molhem deve-se cobrir a pilha de portas (com no máximo 40 unidades) com um plástico (de preferência uma lona preta).
3. As portas devem ser sempre manipuladas com mãos limpas ou usando luvas limpas.
4. As portas devem ser levantadas e deslocadas; nunca arrastadas umas sobre as outras.

ACABAMENTO

1.    Antes de iniciar o acabamento, tirar todas as marcas de manuseio, fibras levantadas e outras imperfeições indesejáveis. Depois lixa-se toda a superfície com um abrasivo de grana 100 a 150.
Se necessário; passar massa acrílica ou corrida, fechando os poros e as imperfeições da madeira; (em caso de porta para pintura com tinta); Passar selador ou fundo a base de solvente; Deixar secar e lixar novamente com abrasivo grana 180/220; Passar a segunda demão de fundo. Lixar novamente com abrasivo 220 ou 320; Dar acabamento com tinta laca ou esmalte sintético acetinado; ou selador e verniz fosco.
2. Algumas espécies de madeira, especialmente as porosas (cerejeira, angelim e outras madeiras de cor branca), contém substâncias químicas que reagem desfavoravelmente com alguns materiais de acabamento, provocando o aparecimento de manchas escuras. Quando possível a espécie/acabamento deve ser testada antes de iniciar essa operação. Notifique imediatamente seu supervisor de acabamento ou fornecedor de tintas e vernizes se notar alguma reação desfavorável. Não continue com o acabamento até que o problema esteja resolvido.
3. Para evitar o empenamento, desaconselha-se o uso de corantes ou tintas escuras em portas expostas diretamente à luz solar.
4. Deve-se evitar o uso de tintas de base aquosa.
5. Todas as faces das portas devem ser pintadas, inclusive a cabeceira e a soleira.                                                                                                                 6. As portas MDF cru podem receber qualquer tipo de pintura.

INSTALAÇÃO
1. Antes da instalação, verificar se atmosfera interior da obra tem um teor de umidade relativa normal, e conferir se as portas foram estocadas em um lugar com umidade estável.
2. As portas Camilotti podem ser instaladas em áreas internas, ou como porta de entrada onde não haja incidência de sol e chuva.
3. Verificar o prumo da parede e o esquadro do vão.
4. A resistência estrutural das portas não deve ser comprometida ao encaixá-las no batente: não pode ser diminuída mais de 7mm na largura ou altura e a furação da fechadura deve ser adequada com o tamanho da mesma.
5. As portas que pesem menos de 20 Kg e com altura até 2,10; deverão ser sustentadas com três dobradiças.
6. A folga entre a porta e o batente deve ser de pelo menos de 3mm nos lados das dobradiças, na cabeceira e na soleira e no lado da fechadura deve ser 4mm.

MANUTENÇÃO E CONSERVAÇÃO

1. Os acabamentos nas portas externas estragam relativamente rápido. Para que as portas possam continuar recebendo a proteção necessária, deverá ser aplicada na superfície em que fica mais exposta ao sol e a chuva, uma pequena camada de cera à base de silicone a cada 15/20 dias. A superfície deve estar limpa e seca. A cera penetrará nos poros do verniz; assim os raios do sol queimarão a cera e não o verniz aplicado na porta e nem a lâmina. E na chuva, a cera também servirá de impermeabilizante, não deixando a água penetrar na porta. Pode ser aplicada a cera também nos batentes e guarnições.
2. No caso das portas internas, a manutenção acontece a cada três anos em média, dependendo dos esbarrões do dia a dia, que descascam tanto a tinta quanto o verniz. Evitar o contato da borda inferior das portas, batentes e guarnições com água.                                                                                                                    3.
Deve-se tomar cuidado com relação a batidas de portas. Além de causar trincas de madeira e na pintura, poderão causar danos aos revestimentos das paredes e danificar também a fechadura.
4. Para limpeza, usar flanela levemente úmida, e no caso de superfícies vernizada recomenda-se eventual aplicação de lustra-móveis.

5.  Lubrificar periodicamente as dobradiças e fechaduras com pequena quantidade de grafite em pó e/ou óleos lubrificantes; comprovando que as dobradiças não estejam gastas, isso manterá sempre perfeito o funcionamento.

6. Verificar se as portas continuam abrindo e fechando livremente, que não esfreguem no batente e não raspem no piso.

7. Mantenha sempre protegida suas esquadrias, com vernizes e tintas de boa qualidade, para que tenham uma longa vida útil.

 

 

 

Camilotti - CAMIDOOR

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

EMID.COM.BR